Conecte-se Conosco

Cultura

Documentário sobre Capelinhense Jésus Alecrim viraliza nas redes sociais

Publicado

em

Com mais de 2 mil compartilhamentos e 80 mil visualizações, o documentário publicado no Facebook  e YouTube sobre a história do Capelinhenses, Jésus Alecrim, vem tendo repercussão nacional.

O documentário produzido pelo Estrela Filmes, conta em pouco mais de 12 minutos a história de superação do hoje baterista da Banda Seu Aurélio, Jésus Alecrim. Que por meio do vídeo, busca chegar aos olhares do apresentador da Rede Globo, Luciano Huck, ou de empresários que possam colaborar com a aquisição de novas próteses, o que segundo Jésus “lhe trará uma melhor condição de vida”.

As próteses pretendidas por Jésus, custam algo em torno de R$50.000,00 (Cinquenta mil reais), valor segundo ele, “fora do seu alcance no momento”.

JÉSUS – SUPERAÇÃO

Jésus Marcos Pinto de Alecrim, 30 anos, contraiu uma infecção hospitalar quando nasceu e teve os seus dois pés e mãos amputadas. Jesus usa próteses desde os seus 14 anos, a partir dos 17 anos desenvolveu próteses que o possibilita tocar bateria.

” Minha vida sempre foi e será cheia de obstáculos. Mas Deus me dá força e coragem para vence-los. Tocar bateria é uma realização para mim. É um sonho e uma realidade”, diz Jésus Marcos, ao Blog RegisCap.

O SURPREENDENTE JÉSUS

Em Julho durante a Festa do Capelinhense Ausente, a banda Seu Arélio, onde Jesus é baterista, fez a abertura do show de Marcos e Belluti, o que acabou por impressionar o sertanejo Marcos, que impressionado comentou: “Banda de abertura do show está tocando rock roll bem legal e esse batera ai! Nos pés e mãos são próteses e ele tocando desse jeito. E a gente reclama de não ter tempo”.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Insólito cia de Teatro realizará circulação pelo Alto Jequitinhonha em Março

Publicado

em

De

A Insólito Cia de Teatro, de Teófilo Otoni MG, estará realizando no mês de março de 2018 a Circulação do Espetáculo “Alígero” por cidades cidades do Alto Jequitinhonha.

No projeto a Cia estará apresentando o espetáculo Alígero e oferecendo oficinas de teatro e de circo, de forma gratuita, para cinco cidades, sendo elas: Aricanduva, Capelinha, Chapada do Norte, Leme do Prado e Veredinha.

Segundo a coordenadora da Cia, Mayara Cruz “O Vale do Jequitinhonha é uma região rica em fazeres culturais, levar para essas cidades a arte do teatro e do circo será um oportunidade única de troca de saberes”.

A programação da circulação prevê que cada cidade receberá uma oficina de teatro que será realizada das 09 as 12 horas, uma oficina de circo que será realizada das 14 as 17 horas, e a apresentação do espetáculo “Alígero”, as 19h30min.  Os ingressos e as fichas de inscrição estarão disponíveis na Secretaria Municipal de Cultura de cada cidade.

Sinopse: Alígero aborda a história de quatro idosos que sofrem pelo abandono, maus-tratos, descaso, abuso pelos familiares, chefes, cuidadores e a população. O espetáculo leva o público a interpretar os acontecimentos reais e atuais vividos pelos idosos em uma sociedade que vem envelhecendo e não sabem lidar com as pessoas nesse estagio tão delicado da vida.

Programação:

Dia 02 de Março – Leme do Prado

Dia 03 de Março – Veredinha

Dia 08 de Março – Aricanduva

Dia 09 de Março – Chapada do Norte

Dia 10 de Março – Capelinha

Continue Lendo

Cultura

Carnaval de Diamantina MG 2018 – Galeria de fotos 6º dia

Publicado

em

De

Galeria de Fotos Carnaval Diamantina MG 2018.

Fotos: Reginaldo Rodrigues

Dia: 13/02/2018 (Terça-Feira)

Continue Lendo

Cultura

Aniversário de Capelinha será comemorado com festa na Praça do Povo

Publicado

em

De

Foto: Reginaldo Rodrigues

Capelinha comemora no próximo dia 24 de Fevereiro de 2018 os seus 105 anos de emancipação e para festejar  a Prefeitura de Capelinha estará realizando o “Festival é tudo nosso”, na Praça do Povo.

Segundo a administração municipal o evento buscará valorizar a cultura local, promovendo em cada cidadão o reconhecimento da história da cidade.

PROGRAMAÇÃO

– Dia 23 de fevereiro (Sexta-feira), as 18h, no Galpão Cultural: Viva Capelinha – casos e causos do município com Dona Mocinha, Deusdete Ramos, Juvenata Soyer e Terezinha Abreu.

– Dias 24 fevereiro (Sábado), as 20 horas, na Praça do Povo – Shows com artistas locais.

 – Dias 25 fevereiro (Domingo), as 13 horas, na Praça do Povo – Shows com artistas locais .

Continue Lendo

Em Alta

%d blogueiros gostam disto: